Amantes de aves escolhem Mestre Álvaro para encontro de observadores | Portal Tempo Novo

Serra, 22 de julho de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Amar é o Bicho

por Ana Paula Bonelli

Serra, 11 de junho de 2019 às 14:01

Amantes de aves escolhem Mestre Álvaro para encontro de observadores


observadores de passaros

Turma que participou do encontro do último domingo (9). Foto: Mário Candeias

A Serra foi palco de um encontro diferente no último domingo (9). O Clube de Observadores de Aves do Espirito Santo (COA-ES) organizou um encontro no Sítio Ouro Velho,  em Pitanga, que contou, inclusive, com a participação de integrantes da Associação Martinense de Observadores de Aves (Amoaves) que engloba Domingos Martins e entorno.

Dentre os pássaros avistados pela turma, estavam o bacurauzinho-da-caatinga, o mergulhão-pequeno e a garça-real.

Um dos ambientalistas que participou do evento foi Hilton Monteiro Cristovã. Ele conta que o Mestre Álvaro foi escolhido para esse encontro por ser um dos melhores lugares na Grande Vitória para fotografia da fauna e da flora silvestres com uma biodiversidade riquíssima.

Bacurauzinho-da-caatinga. Foto: Mário Candeias

José Silvério Lemos é um dos mais experientes observadores de aves do Espírito Santo e conta que o local foi muito bem escolhido. “O encontro nos proporcionou conhecer uma espécie de bacurau. Trata-se do Bacurauzinho-da-caatinga. As avezinhas graciosas deram um show para os participantes! O nome Bacurauzinho-da-caatinga está ligado à região de ocorrência dessa ave tão interessante. No início, pensava-se que ele ocorria apenas na caatinga do nordeste, habitando locais secos e pedregosos. O curioso é que quando ele caça voando, mantém sempre a boca aberta, fazendo uma verdadeira coleta de insetos sem muito esforço. Somente em 1995, as aves do Espírito Santo foram reconhecidas como subespécie do Bacurauzinho-da-caatinga, estendendo sua distribuição para bem mais ao sul da caatinga do Nordeste. A localidade de Afonso Cláudio, nos Três Pontões, é o local mais ao sul de sua distribuição.”

José Silvério gravando o som do bacurauzinho. foto: Mário Candeias

Já o presidente do COA-ES, Régis Vicentini Silotti, disse que a a observação de aves é uma atividade muito especial, além de ser um hobby prazeroso e ser praticado por qualquer pessoa e idade. “Ajuda a sensibilizar a sociedade na preservação das aves e do meio ambiente em que estão inseridas. O COA-ES atua na conscientização das pessoas em não manter aves silvestres engaioladas, incentivando-as a praticar a observação de aves livres na natureza.”

Da Amoaves, Roberto de Oliveira Silva, presidente da associação, conta que o encontro foi uma confraternização para lá de especial num lugar tranquilo e bucólico. “Em Pitanga, contemplando as belezas do Mestre Álvaro. Confraternização e Passarinhada – dois ingredientes singelos e prazerosos, principalmente no entorno do imponente Mestre Álvaro. Assim foi nosso encontro em Pitanga.”

 




O que você acha ?

Como você avalia os 6 primeiros meses de Contarato no Senado?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por