Serra, 19 de setembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

O Nó da Gravata

por Conceição Nascimento

Serra, 12 de dezembro de 2014 às 15:40

Apostas


Circula nos bastidores políticos da Serra que o deputado eleito Amaro Neto (PPS) seria o novo queridinho do ex-prefeito da Serra, deputado federal eleito Sérgio Vidigal (PDT). Amaro seria a aposta do pedetista para as eleições municipais de 2016, quando disputaria contra o atual prefeito, Audifax Barcelos (PSB), adversário político de Vidigal. Deputado estadual eleito com maior votação no Estado (55.408, sendo mais de 11 mil na Serra), Amaro Neto já está com agenda no município. Nessa quarta-feira (10), transitou na Câmara da Serra, em companhia do vereador Nacib Haddad (PDT).

Com pena de tucano

Ao trazer o tucano Max Filho, deputado federal eleito, para a sua base de sustentação, o governador eleito Paulo Hartung (PMDB) resolveria duas situações. De imediato, contemplaria o PSDB, aliado durante a campanha eleitoral e que precisa ter acomodada uma de suas principais lideranças, Luiz Paulo Vellozo Lucas, candidato derrotado à deputado federal. Também afastaria Max da disputa pela prefeitura de Vila Velha, em 2016. A administração canela verde está nas mãos de um dos aliados de Hartung, Rodney Miranda (DEM).

PSB de Hartung

Atualmente sem partido, o secretário de Desenvolvimento Urbano da Serra, Silas Maza, ex-presidente do PSB serrano, pode compor o staff de Paulo Hartung, que assume em janeiro de 2015. “Minha relação com Hartung sempre foi muito boa e se estreitou na última eleição, quando participei da sua campanha mais ativamente. Mas estou determinado a ficar na Serra e tenho uma relação muito boa com o prefeito Audifax Barcelos (PSB)”, pontuou Maza.

Deu bruxa na bancada I

A bruxa está solta entre os eleitos para a bancada federal capixaba. Primeiro a ameaça se deu sobre o mandato de Marcus Vicente (PP), cujo processo ainda tramita na Justiça Eleitoral e sugere a anulação dos 16 mil votos de Rogerinho Pinheiro (PHS), o que resultaria na perda da vaga para o progressista. Agora é a vez de Evair de Melo (PV), que está na mira do Ministério Público.

Deu bruxa na bancada II

O órgão acusa Evair de ter feito campanha dentro de uma sala de aula, quando falou para alguns alunos  de ensino médio sobre suas propostas de campanha. Em função disso, pede a cassação do registro de candidatura e da diplomação do então deputado eleito, que ocorreria em 19 de dezembro.  Em tempo: a saída de Melo resultaria na chegada de Devanir Ferreira (PRB), vereador de Vitória, primeiro suplente da coligação que elegeu o verde.

A casa é grande mas está apertada

O governador Renato Casagrande (PSB) sofreu mais um revés na Assembleia Legislativa. A Comissão de Finanças da Casa deu parecer pela reprovação das contas do seu governo em 2013. A votação contou com cinco votos a dois. Um detalhe é que o Tribunal de Contas do Estado havia apresentado parecer favorável à aprovação. A expectativa agora fica em torno da votação do relatório, que será feita na segunda-feira (15), quando o clima promete esquentar entre aliados e opositores de Casagrande.

 

 

 

 

 

 




O que você acha ?

Qual é a sua avaliação sobre a qualidade de água dos córregos, rios e lagoas da Serra ?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por