Serra, 18 de julho de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Meio Ambiente

Serra, 30 de dezembro de 2016 às 9:27

Banhista deve evitar lagoas e foz de rios nas praias por causa do esgoto


 

É comum ver adultos e crianças nas águas do córrego Maringá, na praia de Manguinhos, um risco a saúde pública. Foto: Arquivo TN

Bruno Lyra / Thiago Albuquerque

 Vai tomar banho de mar nas praias da Serra? É preciso ficar atendo com alguns locais onde há poluição por lançamento de esgoto e evitá-los. Uma boa dica é conferir o monitoramento da balneabilidade feito toda semana pela Prefeitura da Serra, em parceria com a Agência Estadual de Recursos Hídricos, no site (clique aqui).

Dados divulgados na última quinta (29) indicam que todos os 11 pontos monitorados estão com condições positivas para o banho: Em Jacaraípe, em frente as ruas Marília Resende Coutinho e Caiçaras e em frente à Colônia de Férias da Vale.

Em Lagoa Carapebus, no acesso principal ao lado da Colônia de Férias. Em Nova Almeida, em frente ao Bar da Orla e no final do calçadão, em frente à rua Guilherme Becker.

Além desses, também estão liberados: Em Bicanga, próximo ao início da avenida Beira-Mar. Na praia de Carapebus, em frente à Colônia de Pescadores e em frente à rua Projetada Vinte e Nove. Para concluir, em Manguinhos, os pontos são em frente ao Restaurante Primeira Estação de Manguinhos e em frente à rua Governador Francisco de Aguiar. 

Mas nem todos os 24 km de praias são seguros para o banho, pois há pontos de lançamento de esgoto sem tratamento e também desembocadura de rios e córregos poluídos.

 É o caso da foz do córrego Maringá (centro de Manguinhos), da foz do córrego Laranjeiras (divisa entre as praias de Manguinhos e Bicanga), do riacho que vem do Poço dos Padres na entrada de Nova Almeida e dos córregos Laripe (Curva da Baleia) e Irema (Praia de Castelândia, Jacaraípe). Esses dois últimos são os mais críticos, além da foz do rio Jacaraípe na praça Encontro das Águas. 

 Tanto que, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, foram colocadas placas advertindo os banhistas na foz do Laripe e do Irema. Mas as placas foram arrancadas por vândalos e o município não tem previsão de quando as recolocará.

 Já nas lagoas não há monitoramento da balneabilidade. A de Carapebus, muito usada por banhistas por ficar na beira da praia de mesmo nome, recebe forte carga de esgoto. Poluição que também atinge a Juara e a Jacuném, as duas maiores lagoas da Serra.  




O que você acha ?

Você vai votar em quem para presidente?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por