Briga pela associação de Laranjeiras vai parar na Justiça | Portal Tempo Novo

Serra, 20 de novembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 17 de agosto de 2018 às 11:00

Briga pela associação de Laranjeiras vai parar na Justiça


Grupo de moradores reivindicam o comando da Associação de Moradores. Foto: Gabriel Almeida

Gabriel Almeida

Um grupo de moradores de Parque Residencial Laranjeiras está prometendo recorrer à Justiça para assumir a Associação do bairro. O grupo faz parte da diretoria eleita em uma Assembleia Geral Extraordinária que foi realizada no dia 23 de junho deste ano no meio da rua. Na ocasião, segundo os organizadores, cerca de 300 moradores estiveram presentes.

Na assembleia, ficou decidido por unanimidade que a atual mesa da Associação de Moradores, que tem como presidente Deborah Alves, seria destituída e no lugar entraria a nova diretoria que é encabeçada pelo presidente Laelio de Aquino Mercier. Mas de acordo com os membros da nova diretoria, Deborah Alves está impedindo que seja tomada posse. “A atual presidente está impedindo que a vontade do povo seja feita. Ocorreu a assembleia e os moradores decidiram que a atual mesa fosse destituída e nós fomos eleitos desde o mês de junho. Agora vamos recorrer a Justiça e tomar as medidas cabíveis para assumir”, afirma.

Laelio ainda explicou que na manhã da última quinta-feira (16), membros da diretoria na qual ele é presidente foram até a sede da associação para tomar posse, mas a presidente Deborah não compareceu ao local. “A Deborah tinha sido notificada e nós fomos até a associação para pegar as chaves e tomar posse. Mas a presidente não compareceu. Mais uma vez tivemos que voltar para casa e agora vamos a Justiça”, acrescentou.

Assembleia foi ilegal, diz Deborah Alves

A reportagem entrou em contato com a atual presidente Deborah Alves que desconhece a assembleia realizada. “Enquanto presidente legítima da Associação desconheço qualquer assembleia de destituição feita pelo então Sr. Laelio e outros, uma vez que os mesmos além de infringirem o estatuto estão querendo assumir o mandato de forma antidemocrática e ilegal. A única forma de se tornar presidente do bairro é por eleição, o mesmos tiveram tempo hábil para isso e não fizeram”, disse.

Deborah também irá acionar a Justiça. “As medidas judiciais cíveis e criminais já foram tomadas e certamente eles serão intimados a depor nos próximos dias”, garante a presidente.




O que você acha ?

Você acredita no sucesso do governo Bolsonaro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por