Serra, 25 de junho de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 18 de Maio de 2018 às 10:29

Casos de sequestros relâmpago de mulheres apavoram Laranjeiras


Mulher próxima a veículo em rua do bairro: perfil de vítima preferido dos criminosos que têm agido na região. Foto: Fábio Barcelos

Gabriel Almeida

Moradores de Parque Residencial Laranjeiras estão assustados com o aumento da frequênciade sequestros relâmpago no bairro. Mulheres sozinhas ou com crianças são os principais alvos dos criminosos.

Um dos casos aconteceu no último dia 08 de maio com Elaine Schwantz. Ela estava estacionando seu carro em uma das ruas próximas a Avenida Central e foi abordada por um homem que aparentava ter entre 45 a 50 anos. Segundo ela, o criminoso fez com que ela fosse para o banco carona do veículo e seguiu com ela até o bairro Civit II.

“O criminoso estava armado e muito nervoso. Ele me deixou no final de uma rua que fica próxima ao Hospital Metropolitano. Levou o carro, celular e alguns pertences pessoais. Ainda não consegui recuperar o veículo”, disse.

A esposa e as duas filhas do Douglas de Souza Corrente também foram alvo de um sequestro relâmpago no bairro no último dia 27 de abril. “Minha mulher estava com as crianças no carro quando o criminoso chegou armado, abordou elas e assumiu o controle do carro”, relata.

Douglas ainda disse que o criminoso seguiu com elas até o bairro Civit II. “Ele as deixou em uma rua próximo ao Hospital Metropolitano. O sequestrador levou pertences pessoais e o carro que foi encontrado depois por causa do rastreador”, explica.

Uma outra mulher e sua filha também foram alvo de um sequestro relâmpago que aconteceu em uma rua que dá acesso a Avenida Central. O criminoso abordou a mulher quando ela estava entrando no carro. O homem assumiu o controle do veículo e levou as duas até um posto de gasolina da região onde a mulher foi obrigada a sacar dinheiro enquanto ele permaneciano carro com a criança.

O sequestro aconteceu quando a mulher, que também é moradora de Laranjeiras, estava saindo de uma floricultura no bairro. O dono do comércio que preferiu não se identificar, conversou com a reportagem e explicou o ocorrido. “Ela tinha acabado de sair da loja e eu e minhas esposa só conseguimos ouvir o grito e o arranque do carro. Não pude fazer nada porque estava com minha filha dentro da loja”, lamenta.

Polícia pede que população faça denúncias

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Polícia Militar (PM) para falar sobre os casos de sequestros em Laranjeiras. A Polícia enviou uma nota dizendo que “atua incansavelmente na promoção da convivência pacífica na sociedade em todos os municípios capixabas”.

Disse ainda que no que se refere à Região Metropolitana da Grande Vitória, a PM tem elaborado e executado planos de policiamento com ações de inteligência, prevenção e repressão a toda atividade perturbadora da paz social.

A PM disse ainda que não pode estar em todos os lugares em todos os momentos e que por isso necessita da ajuda e participação da sociedade para denunciar crimes em andamento ou que tenham acabado de ocorrer.




O que você acha ?

Você está animado para a Copa do Mundo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por