Novo centro da Prefeitura vai custar R$ 19 mi e fortalecer a Serra-Sede | Portal Tempo Novo

Serra, 13 de dezembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 13 de novembro de 2018 às 17:24

Novo centro da Prefeitura vai custar R$ 19 mi e fortalecer a Serra-Sede

A obra deve ser iniciada no primeiro semestre de 2019 e pode abrigar ao menos seis secretarias

Por Maria Nascimento
[email protected]

A atual sede administrativa. Foto: Jansen Lube

A partir de 2020, a região da Serra-Sede poderá contar com um novo Centro Administrativo da Prefeitura, que deve concentrar ao menos sete secretarias municipais: Educação (Sedu); Turismo, Cultura, Esporte e Lazer (Setur); Direitos Humanos e Cidadania (Sedir); Agricultura (Seag); Administração (Sead); Desenvolvimento Econômico (Sedec) e parte da Saúde (Sesa). Um objetivo é conter o esvaziamento da região, castigada com a saída de parte do Fórum e do Ministério Público do Espírito Santo. O anuncio foi motivo de comemoração entre empresários e moradores da Sede.

Segundo informações do coordenador de Governo, Jolhiomar Massariol, a obra encontra-se em fase de licitação e que o investimento previsto é de R$ 19 milhões, fruto de recursos próprios e de recursos do Finisa. O centro ficará na rua Domingos Martins, ao lado da escola Aldary Nunes, em um terreno da prefeitura. 

O imóvel terá quatro pavimentos, em 3.816 metros quadrados, sendo 7.300 metros quadrados de área construída. 

“O edital foi publicado e, se tudo der certo, a obra deve ser iniciada no primeiro trimestre de 2019, tendo um ano para a conclusão”, adiantou.

O coordenador disse ainda que o centro vai concentrar todos os espaços da Sedu, tanto os da sede quanto dos bairros e o Centro de Formação de Professores. Além disso, abrigará a Setur, Sead e o Núcleo de Treinamento de Servidores. O local terá ainda um auditório, laboratório de informática, biblioteca, salas de aula e salas para atendimento ao público. Disse ainda que outras secretarias serão instaladas no local: Sedir, Seag e Desenvolvimento Econômico (Sedec). 

“O prefeito pediu estudos para que a Secretaria de Obras tente absorver a parte gerencial da Saúde, o que contemplaria o gabinete do secretário, subsecretários, departamentos, chefias e assessorias técnicas. Primeiro precisamos finalizar o estudo do que está sendo feito para ver o que pode absorver”, disse. 

Questionado sobre a economia feita com o fim dos contratos de aluguel, não quis apontar números, alegando que depende dos resultados dos levantamentos feitos pela equipe.

Comemoração

O presidente da Associação Comercial e Empresarial da Serra, Edson Quintino do Nascimento, comemorou o anúncio da prefeitura e disse que isso é fruto da pressão feita sobre a administração por parte do grupo, que conta com mais de cem membros, entre empresários e moradores. 

“O movimento passou a reivindicar que os órgãos públicos retornassem para a Serra-Sede. O prefeito nos ouviu e prometeu trazer as secretarias, concentrando a administração na sede. Estamos sob vigência da Lei 4.237/2014, que determina que os órgãos públicos devam ficar na sede do município. O principal objetivo do nosso movimento é a construção da Serra- Sede, que está no centro geográfico da cidade”, lembrou Quintino. 




O que você acha ?

Você concorda com a saída de Cuba do Mais Médicos?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por