Contarato articula CPI para investigar Moro | Portal Tempo Novo

Serra, 22 de julho de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 11 de julho de 2019 às 10:04

Contarato articula CPI para investigar Moro

Por Gabriel Almeida
[email protected]

Senador está articulando uma CPI para investigar o ministro do Governo Bolsonaro. Foto: Senado Federal

Para investigar uma suposta quebra de imparcialidade de Sérgio Moro, enquanto atuava como juiz na operação Lava Jato, o senador capixaba, Fabiano Contarato (Rede), está articulando uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado Federal para investigar o atual Ministro do Governo Bolsonaro.

A iniciativa de Contarato veio após os vazamentos do site The Intercept Brasil, que divulgou supostas conversas entre o Ministro e procuradores da Lava Jato, do qual é acusado liderar e orientar investigações. A CPI vai apurar uma suposta imparcialidade dos envolvidos nas denúncias do site, além de apurar as investigações e até julgamentos feitos através da operação.

“No âmbito das reportagens divulgadas, há diálogos que apontam indícios de graves irregularidades. Na primeira reportagem com conversas divulgadas, os jornalistas apontam potencial atuação coordenada entre promotores e magistrado para impedir entrevistas de investigados, com receio de potencial repercussão eleitoral”, justifica Fabiano Contarato.

|Leia também: Contarato mira na Eco-101 e quer explicações sobre atraso nas obras

O capixaba está juntando assinaturas de senadores para que a CPI seja iniciada. O senador destacou ainda que os vazamentos do site são ilegais, mas isso não impede que as investigações sejam feitas. “Não há dúvidas acerca da ilegalidade de interceptações de conversas privadas, salvo por ordem judicial. Desse modo, a apuração de responsabilidade dos responsáveis pela interceptação e vazamento das mensagens deve ser realizada conforme as regras do devido processo legal”, afirma.

Se a CPI ir pra frente, será composta de 9 nove membros titulares e seis membros suplentes, para, no prazo de 120 dias, com um limite de despesas de R$ 30 mil.

Contarato e Moro

No dia 19 de junho, o ministro do Governo Bolsonaro, Sérgio Moro, foi ao Senado Federal para prestar esclarecimentos sobre os vazamentos do The Intercept Brasil. Durante a Audiência Pública, Contarato acabou entrando em uma rota de colisão com Moro.

O senador disse que apoio a Lava Jato, mas afirmou que os fins não justificam os meios. Mas o ponto alto da discussão aconteceu quando Sérgio Moro sugeriu que Fabiano Contarato defendia a anulação de decisões da Lava Jato, ao ouvir isso do ministro, o capixaba acabou se irritando. 

O embate entre o Ministro o senador ganhou destaque na imprensa nacional. Jornais e sites de envergadura como O Globo, BBC Brasil, EL País Brasil, O Antagonista e Brasil 247 – para citar, cobriram o tenso confronto entre Moro e Contarato, durante uma audiência.




O que você acha ?

Como você avalia os 6 primeiros meses de Contarato no Senado?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por