Customizar é a boa para reciclar e dar personalidade as roupas   | Portal Tempo Novo

Serra, 12 de novembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 19 de outubro de 2018 às 9:57

Customizar é a boa para reciclar e dar personalidade as roupas  

Por Ana Paula Bonelli
[email protected]

A costureira Aleny Santos, de Jacaraípe, customiza saias, shorts, blusas, calças e até chinelos para os clientes. Foto: Fábio Barcelos

Pedras, pérolas, apliques de estampas, correntes, fitas e miçangas. Estes são alguns dos itens usados por quem quer dar sua própria personalidade a uma roupa nova ou até mesmo usada que estava esquecida lá no fundo do armário. É a customização de roupas.

A costureira Lorena Piontkowsky, moradora de Vila Nova de Colares, é uma das pessoas que investe na customização e reforma de todo tipo de roupa, tanto para uso próprio quanto para terceiros. Recentemente ela transformou uma calça jeans em saia e garante que dá para economizar reaproveitando roupas não usadas que estão esquecidas dentro do guarda roupa.

“Minha mãe era costureira e eu gostava daquilo ali. Vendo ela fui aprendendo, tanto a tingir, quanto costurar, quanto customizar. Assisto vídeos no Youtube para aperfeiçoar a aprender coisas novas. Trabalho com projetos, por exemplo, de customização de jaqueta, que hoje estão usando muito. Eu uso cloro para desbotar, pedraria, aplique, todo tipo de material. Tenho um projeto de transformar blusas masculinas em vestidos no qual estou trabalhando”, conta.

A também costureira Aleny Santos, de Jacaraípe, é outra que trabalha reformando e customizando todo tipo de peça. “Faço chinelos com pedraria, são únicos e personalizados. Também reformo vestido, short, calça, blusa e com certeza dá para economizar personalizando peças. Transformo muitas calças em shorts. Quando a peça fica curta coloco um babadinho ou uma renda e acaba que a roupa fica novinha em folha e a cliente satisfeita”, frisa.   

Segundo Aleny uma bermuda nova custa R$ 60 na loja. “Aí você tem uma calça que não usa por algum motivo, a costureira vai cobrar R$ 10 para transformar em bermuda, dá pra economizar bastante”, destaca.

A artesã Jupiara Francisco Cruz Julio da Silva, de Nova Palestina, Vitória, também trabalha com customização de calça jeans, blusas, vestidos, abadás e até bolsas. “Uso linhas, renda, couro, miçangas, fitas, sianinhas e já faço isso há 26 anos”, revela.




O que você acha ?

Você acredita no sucesso do governo Bolsonaro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por