Serra, 23 de setembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 29 de Março de 2018 às 10:39

De volta ao trabalho, vereadores travam guerra na Justiça


Após o fim do boicote dos 14 vereadores às sessões da Câmara da Serra, nos bastidores do Legislativo segue a batalha pelo controle da Mesa Diretora da Casa. Isso porque o grupo de 14 parlamentares aliados do prefeito Audifax Barcelos (Rede) e da presidente afastada Neidia Maura (PSD) entrou na Justiça a fim de anular a eleição de Rodrigo Caldeira (Rede), atual presidente da Casa.

Na prática, o grupo defende que o vereador mais votado, Adriano Galinhão (PTC) assuma o posto e convoque outra eleição. Eles argumentam que a atual Mesa teria cometido irregularidades. Com isso 12 vereadores assinaram um processo pedindo a anulação da eleição da atual Mesa, o curioso é que desses 12, 9 parlamentares votaram em Caldeira.

O vereador Fábio Duarte (PDT) foi um dos que atuaram com o grupo que elegeu Caldeira, mas agora defende que o atual presidente seja afastado.

“Fomos todos levados pela emoção do momento, nos esquecendo da razão, nós também erramos. A eleição foi um atropelo só. Hoje para que se tenha tranquilidade para se terminar o exercício o mais correto seria uma nova eleição”, defendeu.

O vereador Aécio Leite (PT) que compõe o grupo atual da Mesa, afirmou que existe influência do Executivo nos conflitos internos da Câmara.

“É uma armação orquestrada pelo prefeito da Serra. Eles já sofreram quatro derrotas e estão tentando o último tiro junto à Justiça da Serra. Está na hora de o prefeito parar com isso, precisamos apaziguar toda semana só matérias negativas sobre a Câmara da Serra”.

“Esse grupo está sendo mantido por uma vereadora afastada, suspeita de corrupção e o controlador-geral da Câmara, que estão tentando antecipar uma decisão da Justiça. Acho que os vereadores têm que esquecer esse assunto e se voltar para os temas que interessam ao Legislativo. Deixar pra discutir a eleição para o momento certo” avaliou o Pastor Ailton (PSC).

A assessoria do prefeito foi procurada para comentar as insinuações do vereador Aécio, mas informou que por se tratar de assunto envolvendo o Legislativo não se pronuncia sobre o assunto.

A ação

O processo é assinado por 12 dos 14 vereadores que participaram de um boicote em cinco sessões da Câmara. Adilson Novo Porto Canoa (PSL), Alexandre Xambinho (Rede), Basílio da Saúde (Pros), Cleusa Paixão (PMN), Ericson Duarte (Rede), Fábio Duarte (PDT), Gilmar Dadalto Raposão (PSDB), Geraldinho PC (PDT), Cabo Porto (PSB), Miguel da Policlínica (PTC), Quelcia Fraga (PSC) e Wellington Alemão (DEM).

Não assinam o documento, embora tenham participado do boicote, Adriano Galinhão (PTC) e Robinho Gari (PV).

Segundo informações da assessoria da juíza Telmelita Guimarães, responsável pelo processo, ainda não existe decisão da juíza. Ela deu prazo para escutar os vereadores requeridos e só vai definir depois que eles se manifestarem sobre o pedido de liminar. É necessário que todos sejam intimados e se pronunciem sobre a ação.

 

 




O que você acha ?

Qual é a sua avaliação sobre a qualidade de água dos córregos, rios e lagoas da Serra ?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por