Serra, 16 de julho de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 20 de Abril de 2018 às 9:53

Depois de 35 anos Dim Dom deixa Laranjeiras


Pedro Tozetti e as filhas Fabiana e Flávia vão levar o negócio para Morada de Laranjeiras, bairro está passando por expansão imobiliária. Foto: Eci Scardini

Eci Scardini

‘É como muita dor no peito, um nó na garganta e tristeza que estamos fechando nossas portas em Laranjeiras, depois de 35 anos de funcionamento, no mesmo endereço. Eu e minhas filhas’. Esse é o desabafo do supermercadista Pedro Tozetti Neto, dono do Supermercado Dim Dom, o último da primeira geração de comerciantes de Laranjeiras a se render à especulação imobiliária e à mudança de perfil dos consumidores do bairro.

‘Resistimos o quanto pudemos, mas no mundo dos negócios não dá para lutar contra a razão em favor da emoção não; Laranjeiras vêm perdendo ao longo dos anos o status de bairro residencial e se transformando no principal polo comercial e de serviços da Serra; com isso perdemos muitas famílias clientes, que lotavam os carrinhos de compras e ganhamos clientes que compram miudezas para consumo imediato e com isso as contas passaram a não fechar mais’. Destaca Pedro ‘Dim Dom’, como é chamado.

O Dim Dom não vai fechar as portas; ela vai mudar de endereço e passará a funcionar na Avenida Copacabana, em Morada de Laranjeiras, já no próximo domingo, dia 22. O prédio onde funciona o supermercado, na Avenida Central, esquina com a Norte-Sul, foi alugado para uma loja de brinquedos e uma ótica.

É intrínseca a relação de Laranjeiras e o Dim Dom. Ali dentro foi o palco de muitas conversas, de muitas alegrias, de muitos desabafos, de muitas lamúrias. Ali se falava de tudo: de mundo, de Brasil, de Estado, do Município e do próprio bairro. Futebol, esportes em geral, política, vida pessoal. Piadas, lorotas, causos, romaria dos homens; tudo era tratado ali.

Do Dim Dom viu-se Laranjeiras se agigantar, crescer para todos os lados e sentidos; viu-se a transformação de um bairro de operários para o principal polo comercial da cidade. Dali viu-se passar o primeiro ônibus do Transcol, nos idos de 1980. Aquele ponto nevrálgico que é o cruzamento da Norte-Sul com a Avenida Central, já se viu centenas de manifestações; ali é o ponto de maior fluxo de pessoas de Laranjeiras.

O fechamento do Dim Dom deixará um vazio; pois é ali que boa parte da velha guarda de Laranjeiras se encontra durante todo o dia, até o fechamento da loja. O fim do Dim Dom será o fim de muitas memórias futuras, pois não há outro local para substituí-lo; nem geograficamente e nem com a alma que se encontra ali.

Pedro Tozetti e as filhas Flávia e Fabiana asseguram as mesmas portas abertas e o mesmo carinho e calor humano que estiveram presentes por esses 38 anos em Laranjeiras, continuaram abertas e com a mesma receptividade na principal avenida de Morada de Laranjeiras.




O que você acha ?

Você vai votar em quem para presidente?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por