Serra, 19 de setembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Cultura

Serra, 6 de setembro de 2018 às 7:25

Feu Rosa é tela a céu aberto para arte em grafite


Tia Bel, moradora do bairro, foi homenageada em um dos muros do ginásio poliesportivo: ela preparou a comida para o encontro nacional dos grafiteiros. Foto: Divulgação

Ana Paula Bonelli

Mais de cem grafiteiros estiveram em Feu Rosa fazendo do bairro uma verdadeira tela a céu aberto. Com spray nas mãos os artistas pintaram muros públicos, além de paredes e escadas de casas particulares, mudando a paisagem do local, deixando a região mais colorida e alegre.

A ação aconteceu dentro do Festival Origraffes que ocorreu no final de julho e reuniu MC’s, B.boys (dançarinos) e DJ’s.

Da organização do evento, Starley Bonfim Silva conta que entre os muros que receberam a arte de rua estão os do Ginásio Poliesportivo, da Escola Marinete de Souza Lira, da Escola Abel Bezerra, além de residências particulares num raio de 150 metros partindo da Praça Central de Feu Rosa. “Temos que agradecer muito as diretoras do Marinete, a Grazy, e da Abel, Rogéria, além de diversos moradores que autorizaram que os trabalhos fossem realizados”, destaca.

O Origraffes surgiu em 2016 e tem a frente os integrantes do Coletivo FG Crew (Força Graffitacional), composto por Starley, Keka, Dentin, Liam e Moris. A primeira edição aconteceu em 2016 e reuniu 45 artistas locais e 05 de outros estados. Na segunda, em 2017, foram 120 artistas de todas as regiões do Brasil e artistas capixabas.

Agora em 2018, foram 140 artistas nacionais e locais na lista. “Este número com certeza foi maior, pois sempre aparecem mais artistas que são muito bem-vindos por toda equipe. Nesta contagem, só mencionamos os grafiteiros, ainda tem os B.boys, os MC’s, os DJ’s e os simpatizantes da cultura que participam ativamente”, lembra.

Starley conta que o objetivo é levar o Origraffes para outros locais. “Ainda não temos um grande quadro de equipe, além de não termos recursos necessários para realizar algo itinerante, mas queremos afinar o diálogo com o poder público e com parcerias privadas”, adianta.

Segundo o organizador o interesse em Feu Rosa veio porque ele reside no bairro desde criança e desenvolve uma série de projetos que sempre contemplam a comunidade local. “É um dos maiores bairros da cidade, com uma praça propícia para receber atividades desse porte, além de termos encontrado pessoas dispostas a somarem com a iniciativa”, elenca.

O grafiteiro disse ainda que a maioria dos moradores aceitou bem a intervenção realizada no bairro. “Cada um tem uma visão de arte e existem pessoas que se ofendem com desenhos nas paredes, ou visualizam maldade e promiscuidade onde não tem, sem se dar ao trabalho de tentar entender ou interpretar o que o artista de fato quis transmitir. Mas a resposta foi muito positiva. Acreditamos que é uma minoria que reage de forma negativa. O Origraffes movimenta em três dias o comércio local de um modo que não ocorre em um mês inteiro, além de fazer um intercâmbio entre mais de 30 cidades diferentes de todo território nacional”, conclui.




O que você acha ?

Qual é a sua avaliação sobre a qualidade de água dos córregos, rios e lagoas da Serra ?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por