Serra, 19 de setembro de 2017

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 18 de agosto de 2017 às 9:29

Gestão na Saúde com demissões e mudanças provoca insatisfações


 

No dia 15 foram demitidos 55 agentes de endemias, a tendência é que ao total 146 sejam mandados embora. Estes servidores são celetistas. Foto: Divulgação

Conceição Nascimento

Há menos de três meses como secretário de Saúde da Serra, o advogado Benício Santos tem provocado descontentamento entre servidores e lideranças do município. Nesta semana, foram anunciadas mudanças como a demissão de 55 agentes de endemias, com o argumento de que a prefeitura irá terceirizar o serviço, além da jornada de trabalho aos sábados sem remuneração extra nas unidades de saúde da Serra.

No da jornada, a proposta é reduzir uma hora de trabalho ao longo da semana. Com isso as unidades funcionariam entre 8h e 17h, e não mais entre 8h e 18h. A redução seria compensada com a abertura dos postos aos sábados. Sobre as demissões, os servidores são celetistas, e a tendência é que chegue a um total de 146 agentes de endemias demitidos.

Uma das agentes de endemias demitida, que não quis se identificar, conversou com a reportagem. “Estou desempregada, tenho 3 filhas e pago aluguel. Não estou dormindo direito, estava há 12 anos como servidora celetista. Não houve uma explicação. É muito humilhante para nós, demitir em época de crise é desumano, é injusto”, desabafa. 

Nesta semana o Sermus divulgou nota de repúdio sobre a questão, onde classifica como autoritária e descabida a atitude do secretário. Criticou o novo modelo de funcionamento das unidades, quando os servidores precisarão trabalhar aos sábados e a demissão dos 55 agentes de endemias. 

Outro que vem fazendo críticas à gestão de Benício é o do vereador Luiz Carlos Moreira (PMDB) “Um secretário de Saúde que não é do município e que não é médico passa por esses constrangimentos. Demitir é muito ruim, principalmente pessoas com 14, 15, 18 anos de trabalho. Vai demitir o celetista para terceirizar o serviço? Tive uma conversa com ele (Benício) no gabinete e é extremamente autoritário”, questionou.

Já o presidente do Sindicato dos Médicos do ES, Otto Baptista, disse que está acompanhado a questões. “Não iremos ceder um milímetro com a pauta de reivindicações do servidor médico da Serra, principalmente no que tange à remuneração e contratação de profissionais”, contou.

Sobre o assunto a Prefeitura da Serra informou que a abertura das unidades de saúde aos sábados atende à solicitação da população. A iniciativa também contribui para a redução da procura às UPA’s no final de semana. A expectativa é de que em 90 dias, todas as 40 unidades de saúde da Serra comecem gradativamente a funcionar das 7 às 12h, em sábados alternados. O projeto se baseia em remanejamento de equipes e compensação de horas. Já sobre as demissões a prefeitura não se pronunciou.




O que você acha ?

Você é a favor do "distritão", onde os mais votados se elegem?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por