Serra, 19 de setembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Economia

Serra, 24 de agosto de 2018 às 10:00

Indústria do ES ainda sofre com greve dos caminhoneiros


Clarice Poltronieri

O mês de junho não foi positivo para a indústria capixaba. De acordo com dados divulgados pelo Instituto de Desenvolvimento Industrial do Espírito Santo (Ideies), a produção sofreu uma retração de -2,0% em junho enquanto no Brasil houve um crescimento de 13,1%. Segundo a publicação do instituto, esse foi o pior resultado mensal desde a crise internacional de 2008.

E se considerado o primeiro semestre de 2018, em comparação ao mesmo período de 2017, a perda na produção foi de -5,5%. Para o 1º vice-presidente da Findes, José Carlos Zanotelli, os números ainda refletem a greve dos caminhoneiros, que ocorreu no final de maio deste ano.

“A greve foi um divisor de águas em todo o país. A nível de economia, o estado vinha bem até a greve dos caminhoneiros. Em maio houve queda significativa de 5 a 12% em todos os setores. Em junho quase todos se recuperaram nos mesmos percentuais, mas a indústria ainda sofreu as consequências da greve”, aponta.

Em maio, a produção industrial capixaba também havia apresentado recuo de -2,5% e a brasileira de -11%, mas para Zanotelli, considerando todos os setores da economia, a expectativa é de melhora.

“O resultado final do semestre no Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR) ficou pouco positivo, com menos de 1% de crescimento. Mas temos um saldo positivo na geração de empregos com 4.567 no ES e a Serra ficou em primeiro com 1.842, superando outros municípios que vinham se destacando. E os setores que mais geraram postos foram metalurgia, química e metalmecânica. E temos uma visão otimista, de aumentar esse crescimento para 2% no segundo semestre. Até porque foram anunciados investimentos altos por Vale e Arcelor e as empresas, inclusive terceirizadas, já estão se mobilizando para trabalhar”, analisa. 

De acordo com o Ideies, o Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR) do estado no primeiro semestre de 2018, comparado ao mesmo período de 2017, o IBCR-ES cresceu 0,5%, impulsionado pelo comércio varejista ampliado, que cresceu 15,0% no período. Porém no mês de junho, o IBCR-ES reduziu em -2,0%.

 




O que você acha ?

Qual é a sua avaliação sobre a qualidade de água dos córregos, rios e lagoas da Serra ?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por