Manguinhos é celeiro de atletas de ponta no cenário nacional   | Portal Tempo Novo

Serra, 25 de maio de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Esporte

Serra, 21 de dezembro de 2018 às 9:18

Manguinhos é celeiro de atletas de ponta no cenário nacional  

Por Ana Paula Bonelli
[email protected]

Conhecida pelo ar bucólico, mar calmo e gastronomia sofisticada, a vila de Manguinhos também está fazendo fama no esporte. É que do charmoso balneário serrano surgiram atletas que vêm brilhando no cenário esportivo brasileiro e até mundial: Gabriela Zanotti no futebol, Gustavo de Andrade da Silva, no handebol e o carateca Bruno Conde.  

Meia-campista da seleção brasileira e do Corinthians, Gabriela Zanotti, fechou 2018 com o prêmio de melhor meia do Campeonato Brasileiro, onde também faturou o título e ainda anotou oito gols na competição. Também pelo time do Parque São Jorge, Gabi foi eleita craque do Campeonato Paulista, onde o Corinthians ficou com o 2º lugar.  

O contrato com o Corinthians termina agora. Gabi afirma que há possibilidade de renovação, e que ainda vai sentar com a diretoria do time Paulista. “Não poderia ter sido melhor meu ano de 2018, duas finais, um título. É muito bom”, frisa.  

Outra fera de Manguinhos, Gustavo de Andrade, também atua no Corinthians. Só que no handebol. Ele mora em São Paulo há quatro meses e faturou em novembro os Jogos Abertos do Interior de São Paulo jogando pelo Corinthians/Guarulhos. Marcou 28 gols na competição e é considerado uma das promessas do handebol nacional.

Gustavo começou no time do Gaha de Laranjeiras, quando ia para acompanhar sua mãe, que também é jogadora e para ele “uma inspiração”. O atleta também tem como ídolo no esporte o alemão Uwe Gensheimer.  

E para fechar o trio, o carateca Bruno Conde, que já foi o melhor do mundo na categoria Kumitê Junior + 76 KG. Dos três, Conde é o único que ainda mora no bairro. O atleta já faturou dezenas de medalhas em competições pelo mundo afora, teve em 2018 convocações para a Seleção Brasileira, e na última competição do ano, o Pré-olímpico em Vitória, o jogador se lesionou.

“Na primeira luta eu estirei a posterior da coxa no meio da luta e perdi. Agora é me recuperar, e treinar forte para voltar com tudo em 2019”, conta o atleta, que tem chances de disputar as Olimpíadas de 2020 em Tóquio no Japão.  




O que você acha ?

Você é a favor do decreto de Bolsonaro que facilitou o acesso às armas?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por