Serra, 22 de outubro de 2017

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 16 de junho de 2017 às 9:01

Moradores não querem que Prefeitura faça negócio com imóvel em Jacaraípe


As obras do Riviera se arrastam há anos e espaço virou refúgio de marginais. Foto: Arquivo TN / Fábio Barcelos

Conceição Nascimento 

Após especulações de que a prefeitura da Serra teria a intenção de vender o imóvel onde seria construído o complexo do Riviera, em Jacaraípe, para um supermercado, moradores da região se mobilizaram contrários. Em nota enviada ao Tempo Novo, a prefeitura confirma a intenção de negociar o imóvel, mas disse que ainda “será definido o modelo de negociação”.

Os moradores se reuniram na noite desta terça-feira (13) para discutir o destino do Complexo Riviera, cujas obras encontram-se paradas. Especula-se que a prefeitura da Serra estuda a possibilidade de venda do imóvel para construção de um supermercado, e os moradores adiantam que não concordam com a proposta. A região da Grande Jacaraípe compreende 14 bairros. 

O encontro foi organizado pelo Conselho Interativo de Segurança Pública de Jacaraípe e Manguinhos (Cispjam), que tem como presidente, Thiago Menezes Carreiro. Estiveram presentes representantes das associações de moradores de bairros que compõem a grande Jacaraípe e várias lideranças políticas, além da subsecretária de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer da Serra, Maylla Venturin. 

Segundo o presidente da Cispjam, moradores se posicionaram contra a venda do imóvel, uma vez que a região carece de equipamentos de lazer. “Foi confeccionado um documento exigindo que seja feita uma consulta pública no bairro, e não na Câmara de Vereadores, para que os moradores possam se expressar. Queremos a área pública, não teremos outra oportunidade de um terreno em área nobre para construção de um equipamento que terá impacto no turismo, cultura e lazer”, disse Thiago. 

Por meio de nota, a Secretaria de Comunicação da Serra informou que “vai realizar uma audiência pública com os moradores para decidir o que querem fazer naquela área. Será apresentada a avaliação e colhidas todas as sugestões dos moradores. Também a partir desta audiência será definido o modelo de negociação que será feito com a área”.

 Discórdia

A obra começou em 2011 e estava orçada em R$ 9,8 milhões. O Riviera é motivo de muita discórdia entre o prefeito Audifax Barcelos (Rede) e o ex e atual deputado federal, Sérgio Vidigal (PDT). A atual gestão argumenta que houve erros graves de projeto feito durante a gestão de Vidigal, que inviabilizaram o projeto. Por sua vez, Vidigal argumenta que entregou a obra em plena execução e com recursos, oriundos dos governos federal e estadual, em caixa para que fosse concluída.




O que você acha ?

Você é a favor do fim da estabilidade para servidor público efetivo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por