Serra, 17 de Janeiro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Amar é o Bicho

por Ana Paula Bonelli

Serra, 8 de outubro de 2014 às 11:08

Saiba mais sobre a Cinomose, doença que pode levar seu cão a morte

Por Dra. Patrícia Ribeiro de Oliveira - Médica Veterinária da Climev Laranjeiras e Mvet Clínica Popular


A cinomose é uma doença viral, grave, que tem poucas chances de cura em cães adultos e é fatal para filhotes. Pela minha experiência apenas 20% conseguem resistir à doença e são poucos que ficam sem sequelas.
É altamente contagiosa, e acomete cães. Gatos e pessoas não ficam doentes.

É um vírus muito sensível ao calor e desinfetantes comuns, entretanto pode sobreviver muito tempo em ambientes secos e sem luz. Isto pode fazer com que cães não vacinados corretamente em contato com ambientes contaminados possam adquirir a doença.

Alguns animais podem não apresentar sintomas, porém estão disseminando o vírus ao seu redor através de secreções oculares, nasais, orais ou pelas fezes.

O ser humano também pode carregar o vírus nas suas roupas ou sapatos, contaminando assim um animal sadio.

 

Doença se apresenta de duas formas

Existem duas formas de apresentação da cinomose; respiratória e neurológica.

Na forma respiratória ocorre secreção ocular e nasal purulenta, apatia, diminuição do apetite, pode ou não ocorrer espirros e tosse, febre, vômitos e diarreia.

Na forma neurológica o cão apresenta incordenação motora, apatia, diminuição do apetite, hiperqueratose de nariz e coxins, podendo ou não apresentar febre, vômitos, diarreia, convulsões.

Caso seu cão apresente um desses sintomas, mesmo vacinado leve-o imediatamente ao veterinário, pois as chances de cura aumentam quando o tratamento é iniciado precocemente.
O principal problema da doença é que o vírus debilita tanto o animal que ele fica propenso a ter infecções secundárias.

Comparando grotescamente, o vírus da cinomose faz com o cão o que o vírus da Aids faz com o ser humano.

Diagnóstico

O diagnóstico é realizado pelo médico veterinário; através de avaliação do animal e exames. O teste rápido realizado na clínica pode ter um resultado falso negativo. Ou seja, dar um resultado negativo e o animal estar doente, isso porque o teste rápido tem capacidade de detectar o vírus nas secreções; mas se o animal apresentar a cinomose neurológica o vírus esta se replicando no sistema nervoso e não no trato respiratório.

O animal pode também apresentar esses sintomas e não ser a cinomose, apenas o veterinário tem a capacidade de saber isso.
Muitos cães mesmo resistindo a doença e aparentando estar saudáveis podem ter uma recaída e ficarem doentes de novo, sendo quase impossível na recaída a chance de cura.

As sequelas deixadas pela cinomose podem ser tiques nervosos nas pernas, cabeça, boca e convulsões constantes.

 

É importante manter a vacinação do animal em dia para evitar a contaminação.

É importante manter a vacinação do animal em dia para evitar a contaminação.

Vacinar é prevenir

A melhor forma de prevenção é através de vacinação. Lembre-se de que as vacinas devem ser aplicadas pelo médico veterinário. Desconfie de locais onde não há médico veterinário para administrar a vacina e não carimbam a carteirinha, pois nem todas vacinas comercializadas são eficazes contra a doença.

Filhotes devem tomar de três a quatro doses da vacina com intervalo de 21 a 30 dias no máximo entre elas. Adultos devem tomar o reforço anual, ou seja todo ano tomar a vacina; e cães adultos que nunca foram vacinados, ou desconhece-se se já foram vacinados devem tomar duas doses da vacina com intervalo de 21 a 30 dias no máximo entre as doses.

Seja responsável pela vida que lhe foi confiada, vacine seu cão. A cinomose é uma doença extremamente contagiosa e que causa um sofrimento muito grande. As vacinas custam em média de R$ 40 a R$ 70 a depender da clínica veterinária; e é extremamente importante que ela seja realizada em estabelecimentos de confiança e administradas por um médico veterinário. É um investimento de R$ 3,50 a R$5,50 por mês que vai lhe poupar muitos gastos e sofrimento ao animal no futuro.




O que você acha ?

Você se sente seguro nas praias da Serra?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por