Saída de Cuba do Mais Médicos pode deixar Serra sem 30 profissionais | Portal Tempo Novo

Serra, 13 de dezembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 16 de novembro de 2018 às 9:07

Saída de Cuba do Mais Médicos pode deixar Serra sem 30 profissionais

Por Bruno Lyra
[email protected]

Rubem Arzuaga e Mauris Sanches são médicos cubanos com atuação na Serra. Foto: Arquivo TN

A decisão do governo Cubano de encerrar a participação no Programa Mais Médicos deverá afetar a rede de Saúde da Serra, que conta com 30 profissionais do país atuando. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), até o fim da tarde da última quarta-feira (14), não havia qualquer definição sobre o que acontecerá com os profissionais.

Isto porque até aquele momento, o Ministério da Saúde não havia feito qualquer comunicado oficial sobre o fato. A decisão do governo cubano foi divulgada também na manhã da última quarta-feira. Já nesta quinta-feira (15), o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) anunciou que os médicos cubanos devem deixar o país até o Natal. 

Havana disse que declarações “ameaçadoras e inaceitáveis” do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) foram às motivações do abandono. Bolsonaro, por sua vez, defendeu que os médicos cubanos só poderiam continuar se fizessem exame de revalidação do diploma, recebessem a valor integral do salário (o governa da ilha caribenha fica com cerca de 70% dos proventos) e ainda pudessem trazer familiares para o Brasil.

Segundo a assessoria da Sesa, os médicos cubanos atendem em bairros como Nova Carapina I, Jardim Carapina, Feu Rosa, Barcelona, Nova Almeida, Vila Nova de Colares, Jacaraípe, Planalto Serrano, Taquara, Barro Branco e São Marcos.




O que você acha ?

Você concorda com a saída de Cuba do Mais Médicos?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por