Samarco se nega a fazer obra  para reduzir estrago da lama no ES | Portal Tempo Novo

Serra, 10 de dezembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Meio Ambiente

Serra, 21 de setembro de 2018 às 9:51

Samarco se nega a fazer obra  para reduzir estrago da lama no ES


Situação da foz do rio Doce e do mar no final de 2015: lama continua descendo pelo rio até hoje. Foto: Marcelo Lourenço/ Arquivo Pessoal

A Samarco (Vale + BHP) está se negando a construir uma represa de concreto e comportas no rio Pequeno, que liga a lagoa Juparanã ao rio Doce em Linhares. E com isto, impedir a contaminação da lagoa com a lama de rejeito de mineração presente no rio Doce por causa do desastre crime/Ambiental de Mariana em 2015.

Por conta de uma barragem improvisada de terra que a Samarco fez, a lagoa Juparanã encheu e inundou comunidades nas cidades de Linhares e Sooretama. A construção de represa definitiva dotada de comportas havia sido determinada pela vara da Fazenda Pública, Registros Público e Meio Ambiente de Linhares, no início de setembro.  Mas a Samarco obteve liminar do Tribunal de Justiça do ES cassando a decisão no último dia 04 de setembro.

Agora a mineradora, através da Fundação Renova, está aprofundando um canal alternativo ao lado da barragem de terra improvisada. O canal será reaberto neste sábado, o que vai gerar aumento do nível do rio Pequeno. E aí 56 famílias terão ribeirinhas que estão abaixo da barragem improvisada terão que deixar suas casas em Linhares.

A Renova alugou casas e quartos de hotéis para essas pessoas ficarem até o final de março, quando acaba a estação chuvosa.   




O que você acha ?

Você concorda com a saída de Cuba do Mais Médicos?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por