Serra registra primeira morte por Influenza H3N2 em 2018 | Portal Tempo Novo

Serra, 15 de dezembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Cidade

Serra, 15 de Maio de 2018 às 15:41

Serra registra primeira morte por Influenza H3N2 em 2018


A vacinação para os grupos prioritários continua nas unidades de saúde do município até o dia 1º de junho. Foto: Divulgação

A Serra confirmou a primeira morte por supergripe no município em 2018. A informação é da assessoria de comunicação da Prefeitura da Serra que disse ainda que o morador foi diagnosticado com Influenza A H3N2. Além disso, existe mais 1 caso confirmado de H3N2 e 49 casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) na cidade.

Na última quinta-feira (10) eram 43 casos. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) foi questionada pela reportagem de quando o morador ou moradora veio à óbito, mas a assessoria não informou.  A Sesa também não passou mais informações sobre os dois casos.

De acordo com a prefeitura, já foram vacinados aproximadamente 54.900 pessoas contra a gripe influenza. A campanha de vacinação continua até o dia 01 de junho, em todas as unidades da Serra. Nas unidades regionais (Jacaraípe, Novo Horizonte, Feu Rosa, Serra-sede, Serra Dourada e Boa Vista), das 7h30 às 16h30. Nas demais unidades, de acordo com o horário da sala de vacinação de cada uma delas.

A assessoria de comunicação da Prefeitura da Serra também foi questionada se a vacinação será aberta para todos os moradores, mas disse que o grupo prioritário que recebe a vacina contra Influenza é definido pelo Ministério da Saúde, e a prefeitura não recebeu até o momento orientações quanto à vacinação de pessoas que não sejam do grupo prioritário.

Exames descartam supergripe

Outro caso que estava em análise é da moradora de Nova Carapina, Aurinete Moreira, 34 anos, que morreu no último dia 25 de abril. O resultado divulgado no último dia 3 descartou o óbito por Influenza. O laudo mostrou que a mulher morreu por síndrome respiratória e pneumonia. Aurinete foi internada na UPA da Serra-Sede no último dia 22, após dar entrada com quadro de pneumonia. Como havia suspeita de Influenza, ela ficou em isolamento.

Outra morte que também estava sob investigação era a do morador de Vista da Serra, Edevaldo Santos de Almeida. O resultado saiu na tarde desta quinta-feira (10) e o laudo descartou óbito por H1N1. Edevaldo morreu de pneumonia.

 




O que você acha ?

Você concorda com a saída de Cuba do Mais Médicos?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por