Sindicato quer auxílio natalino para servidores do município | Portal Tempo Novo

Serra, 19 de novembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 19 de outubro de 2018 às 5:49

Sindicato quer auxílio natalino para servidores do município


Oswaldino é o presidente do Sermus. Foto: Divulgação

Para evitar atropelos de última hora, como aconteceu no ano passado, o presidente do Sindicato dos Servidores da Serra – Sermus, Oswaldino Luiz Marinho, protocolou com bastante antecedência, na Prefeitura da Serra, ofício solicitando ao prefeito Audifax Barcelos, um abono natalino no valor de R$ 500,00. O documento foi dado entrada na última quarta-feira (dia 17).

Oswaldino justificou o pedido do auxílio natalino, considerando que os servidores do Município (ativos e inativos), estão há mais de quatro anos sem reajuste salarial, mesmo sendo a Serra um Município pujante e segunda maior receita do Estado. ‘Além disso, tem sido prática no Governo do Estado e em muitos municípios, a concessão desse tipo de benefício, que contribui bastante com os servidores nas comemorações natalinas e de final de ano’, completa o líder sindical.

O pedido foi feito ainda nesse mês de outubro para dar tempo da Administração se programar e assim evitar problemas de última hora, como aconteceu no ano passado. ‘O prefeito Audifax deixou para conceder o abono natalino de 2017 muito em cima da hora e mesmo assim, enviou para a Câmara o benefício embutido em um projeto de lei bem amplo, o que é vedado por lei’, cita Oswaldino.

O presidente do Sermus ressalta que matéria que versa sobre funcionalismo público tem que ter um projeto de lei específico e não pode estar misturado a outros assuntos. Oswaldino disse que solicitou audiência com o prefeito Audifax para tratar do assunto espera que o prefeito seja sensível aos anseios dos servidores e conceda o benefício.

Reajuste de salário

Oswaldino disse que viu com satisfação as notícias divulgadas pela imprensa de que o Município irá conceder reajuste salarial para os servidores ativos, inativos e pensionistas em março do ano que vem. Entretanto, ele ressalta que o índice a ser concedido deva ser debatido com o Sermus, bem como outras entidades sindicais, como Sindiupes e Sindicato dos Médicos.

Além do reajuste salarial, Oswaldino lembra e solicita que o tíquete alimentação seja também reajustado, tendo em vista que o valor pago hoje, de R$ 300,00 é muito baixo para as necessidades das famílias dos beneficiados.

Matéria paga




O que você acha ?

Você acredita no sucesso do governo Bolsonaro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por