Tubarão e outros peixes podem atacar nas praias da Serra, diz pescador | Portal Tempo Novo

Serra, 16 de novembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Meio Ambiente

Serra, 2 de Março de 2018 às 8:51

Tubarão e outros peixes podem atacar nas praias da Serra, diz pescador


Banhistas brincam em praia da Serra: riscos de ataques são considerados baixos, mas pescador pede que as pessoas nunca entrem sangrando na água. Foto: Arquivo TN / Gabriel Almeida

Bruno Lyra

O incidente com a pescadora mordida no pé embaixo da Terceira Ponte e a recente aparição de tubarões em praias capixabas chamaram a atenção e colocaram uma dúvida na cabeça de quem se banha ou pratica esportes nos 23 km de litoral da Serra: há risco de ataques aqui?

Embora isso nunca tenha acontecido na Serra, a resposta éSim. E esse ataque pode vir tanto de tubarões quanto de outros peixes predadores.  É o que diz o pescador e presidente da Federação das Associações de Pescadores do ES, Manuel Bueno dos Santos, o Nego da Pesca, que também é morador de Jacaraípe.

No entanto, Nego da Pesca afirma que não há razão para alarde, pois as possibilidades são remotas. Mas aumentam se houver presença de sangue ou restos de outros animais na água. “Não se deve limpar peixes no mar e nunca entrar sangrando na água. Sangue e vísceras atraem tubarões e outros peixes predadores, como espada e caramuru (moréia). Também deve se evitar ir para o mar no dia depois de uma noite muito escura, pois em madrugadas assim o tubarão vem caçar perto da praia. Na Serra vemos muitos tubarões quando pescamos a três milhas (cerca de 5,5 km) da costa e alguns costumam chegar perto da praia”, explica.

O pescadoracrescentou ainda que as mudanças ambientais podem potencializar esses riscos. “A água do mar está ficando mais quente, acredito que por conta do aquecimento global. E isso também atrai os tubarões”, finaliza.       

O doutor em Oceanografia e professor da Universidade de Vila Velha, Raphael Macieira, é mais cauteloso quanto a esses riscos.  “Sempre há uma probabilidade quando há pessoas no mar, que é o habitat das espécies de tubarões. Algumas dessas espécies de tubarões vêm à costa para se alimentar e até se reproduzir. Mas, por conta das perturbações ambientais como construções de portos e sobrepesca, há declínio das populações desses animais em todo litoral brasileiro, o que reduz o risco. Além disso, não temos histórico de ataques aqui no ES”, pondera.

Raphael também comentou a mordida que a pescadora levou ao limpar peixes nas águas da baía de Vitória, no último dia 11 de fevereiro. “O caso da baía de Vitória é o único registro, mesmo assim não há certeza que foi tubarão, pode ter sido outro peixe”, explica.

Já a Prefeitura da Serra garante que, pelas características das praias da Serra,não há motivo para preocupação. Através de sua assessoria de imprensa, diz que o monitoramento das praias é feito pelos salva-vidas e pelo Corpo de Bombeiros. Se houver alguma suspeita, o banhista pode procurar estes profissionais que são treinados para identificar o tipo de ocorrência.




O que você acha ?

Você acredita no sucesso do governo Bolsonaro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por