Serra, 24 de Maio de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 27 de Abril de 2018 às 9:24

Uma morte e 33 pacientes com suspeita de supergripe na Serra


 

Aurinete Moreira morreu na UPA da Serra-Sede e família reclama da demora em transferir para um hospital com mais infraestrutura para tratar supergripe. Foto: Divulgação

Ana Paula Bonelli

Uma morte e outros 33 casos pacientes com suspeita da supergripe na Serra estão sendo investigados. O assunto vem mexendo com opinião pública nesta 1ª semana de vacinação contra gripe para grupos prioritários, depois que uma paciente de 34 anos morreu na UPA da Serra-Sede com suspeita de contaminação pelo vírusH1N1.

Aurinete Moreira morava em Nova Carapina e estava internada na UPA da Serra-Sede, desde o último dia 22, após dar entrada com quadro de pneumonia. Como havia suspeita de Influenza, ela ficou em isolamento. Segundo a Secretaria de Saúde da Serra, foi solicitado de imediato leito especializado num hospital e o município ficou aguardando retorno do Estado.

Ainda de acordo com Prefeitura da Serra, houve piora no quadro da paciente e ela veio a óbito na quarta-feira (25). A confirmação ou não de Influenza (que no H1N1 uma de suas variáveis)só poderá ser feita somente após laudo laboratorial do Estado.

A assessoria de imprensa da Prefeitura acrescenta que não há caso confirmado de influenza em 2018 na cidade. A gripe gerada pelo vírus influenza é uma infecção aguda do sistema respiratório, ocasionada pelo vírus influenza, com elevado potencial de transmissão. Inicia-se com febre, dor muscular, e tosse seca. Ela pode ser apresentar das formas influenza A (H1N1), influenza A (H3N2) e influenza B.

A Prefeitura disse também que não é possível afirmar quantas pessoas estão internados com suspeita da doença.

Já a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) se posicionou sobre a não transferência de Aurinete do PA de Serra-Sede para um hospital com leito especializado. Por nota divulgada pela assessoria de imprensa, disse que assim que a vaga foi solicitada, iniciou a busca pelo leito adequado de acordo com o perfil da paciente. “A vaga disponibilizada para a paciente foi em um hospital em São Mateus. A vaga foi comprada, mas, lamentavelmente, a paciente faleceu antes da transferência”.

A Sesa informa que recebeu a notificação da morte da paciente como suspeita de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e o caso está sendo investigado. O resultado do exame deve sair em até 10 dias. Em 2018, foram registrados dez casos de Síndrome Respiratória Aguda (SRAG) por influenza no Estado, sendo seis casos por influenza A (H3N2), dois casos por influenza A (H1N1) e dois casos por influenza B. Destes, um caso evoluiu para óbito por Influenza B.

Vacinação continua nas unidades de saúde

A vacinação contra a gripe influenza está acontecendo no município para a população inserida nos grupos prioritários em 33 unidades de saúde.

O público-alvo da Serra definido pelo Ministério da Saúde é de aproximadamente 101 mil pessoas. A Campanha Nacional de Vacinação termina no dia 1º de junho. O Dia D está previsto para 12 de maio.

Os grupos prioritários são crianças de 6 meses a 5 anos incompletos; grávidas em qualquer idade gestacional; puérperas (até 45 dias pós-parto); pessoas com 60 anos ou mais; pessoas com doenças crônicas; professores das redes pública e privada e trabalhadores da área de saúde.

A vacina contra a gripe fornecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que é trivalente e protege contra os vírus influenza A (H1N1), influenza A (H3N2) e influenza B, deve ser tomada anualmente.




O que você acha ?

Você é a favor do protesto dos caminhoneiros?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por