Varejo espera Natal melhor que o de 2017 | Portal Tempo Novo

Serra, 25 de maio de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Economia

Serra, 21 de dezembro de 2018 às 9:51

Varejo espera Natal melhor que o de 2017


Gabriela e Laís da loja Gabriel Colchões, em Laranjeiras, estão otimistas. Foto: Fábio Barcelos

Na próxima semana é comemorado o Natal, data mais importante para o comércio de varejo, tanto pela prática de troca de presentes, quanto pela injeção na economia dada pelo pagamento do 13º salário. E para alguns setores do comércio, as vendas podem crescer até o dobro relação ao mesmo período de 2017.

A Gabriel Colchões, em Laranjeiras, está otimista, segundo a gerente Gabriela Jadjeschi. “Estamos muito otimistas. Nossas vendas já aumentaram 50% em relação a 2017 e esperamos que dobrem até o Natal. Nesta data vendemos cerca de 50% a mais que as outras”, aponta.

Na Interative Informática, em Jacaraípe, o proprietário Thiago Menezes aposta que as vendas seguirão a linha da Black Friday. “A Black Friday este ano vendeu 50% a mais, então apostamos que no Natal também se venda 50% em relação à mesma data de 2017. Esta é a data mais importante, principalmente por ser o mês do 13º. Em relação ao resto do ano, as vendas triplicam, especialmente na semana do Natal. O mais procurado é a parte de games e acessórios”, detalha.

Para o presidente da Associação dos Comerciantes e Empresários da Serra-Sede (Acess) e sócio proprietário da Pinte e Borde, Edson Quintino, a expectativa é de aumento. “Natal é nossa principal data. No setor de roupas e calçados as vendas costumam dobrar, mas no meu segmento, que é papelaria, só aumentam os produtos para decoração natalina. A expectativa é de melhora, mas não estimamos de quanto”, explica.

No segmento calçados a data costuma dobrar as vendas, segundo Vinícius Garcia Retamero, gerente da Prenda Multishop, em Nova Almeida. “No Natal o movimento dobra e este ano teve melhora nas vendas. Em novembro cresceram 5% em relação a 2017, então a expectativa é de que no Natal se mantenha esses 5% e até aumente”, pontua.

A Federação do Comércio de Bens e Serviços do Espírito Santo (Fecomércio) estima que as vendas do comércio de varejo cresçam 1,8% em relação a 2017. No ano passado, as vendas sofreram queda de -2,3% em relação a 2016.




O que você acha ?

Você é a favor do decreto de Bolsonaro que facilitou o acesso às armas?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por